Pesquisar este blog

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Curiosidades sobre a África do Sul

► Se você está ou vai para a África do Sul e pretende pedir uma pizza para entregar em casa, desista, pois lá não
existe sistema delivery (entrega em casa).
► Na África do Sul você não encontrará lavanderias.
► As mulheres carregam seus filhos nas costas.
► Quem pretende viajar para a África do Sul deve saber que lá as tomadas não carregam celular, quem vai viajar
deve levar um adaptador.
► É muito importante saber que na África do Sul não existem táxis e nem ônibus. Para quem vai passar um tempo
lá, tem que alugar um carro ou usar vans que por sinal estão sempre lotadas.
► As mulheres na África jamais podem andar na frente do homem. Elas devem andar ao lado ou atrás do homem.
► Quem faz os trabalhos pesados (trabalhar na roça, carregar coisas na cabeça, etc) são as mulheres.
► Na África, a direção do carro é contrária. A direção é pela direita.
► A moeda usada na África do Sul é Kand. Os símbolos das notas da moeda Kand são animais como: elefante,
búfalo, etc.
► Para entrar na África do Sul é necessário apresentar o certificado de vacinação contra a febre amarela.
► Na África do Sul a temperatura das águas é insuportável de tão gelada.
► Este é o país da diversidade que fala em onze idiomas, mas o inglês é suficiente para a comunicação.
► Visto: para ficar por lá menos de 90 dias, os brasileiros não precisam de visto.
► Uma das explicações para ser a queridinha dos turistas que visitam a África do Sul é a vida noturna intensa da
Cidade do Cabo, a típica cidade que não dorme. Há uma infinidade de baladas para todos os gostos em regiões
especificas, como: Long Street, Loop, Wale e Orange Street.
► A África do Sul é dona das mais conceituadas safras de vinho.
► Gastronomia: Come-se muito trash food. Há muito mais lugares vendendo batatas fritas e hambúrgueres que
restaurantes. A comida é apimentada. A papa de farinha de milho acompanha todo prato africano (é como se
fosse nosso arroz)
► O país fez a sua revolução. Já estão no segundo presidente negro (Mandela e Mbeki) mas o país ainda é
dominado por brancos. Os negros são 75% da população mas estão relegados a atividades menos nobres. Os
indianos são presença constante aqui e tem uma posição melhor que a dos negros e pior que os brancos. Os
brancos dominam economicamente o país. Vivem em Sandton e arredores e nunca vão para o centro da cidade
ou a parte sul. São lugares onde a criminalidade é muito mais alta (Soweto fica no extremo Sul, Sandton no
Norte).
► Existem escolas públicas, semi publicas e privadas. As escolas semi públicas são praticamente exclusiva para
brancos (além da questão financeira, ensinavam em Afrikans – língua dos brancos na época do Apertheid)
► Casa : O fogão é elétrico a energia aqui vem toda do carvão e eles tem problemas graves de apagão…e isso
afeta a todos. Estão tentando resolver até a Copa. A mobilização é geral e sempre existem duas torneiras nas
pias…quente e fria. As tomadas de parede tem interruptor. Ou seja, não basta ligar o seu aparelho na
tomada…se você não liga o interruptor não adianta nada.
► Carros: A frota dos carros é de dar muita inveja. É Mercedes, BMW, Hammer, Lamborguines, Ferrari e
Toyotas…muitas toyotas…enfim, Polo aqui é carro popular. Quem tem um emprego estável aqui pode ter
um…os juros são baixos e a longas prestações. Carro aqui é sinal de status, é sinal de que voce tem um bom
emprego.
► Transporte Público e Vias Coitados: Não há metrô (construirão para a Copa). Não há ônibus. Não há trens
metropolitanos. Os pobres tem que se virar com as Vans.que são irresponsáveis e irregulares. Uma verdadeira
terra sem lei. E as Vans não tem regularidade de horário, trajeto ou mesmo dias de circulação. O transito é
bastante complicado em algumas regiões. As ruas tem boa pavimentação mas são pessimamente sinalizadas.
Não tem placa para lugar nenhum…mas sinal tem um monte. Vão ter muito trabalho até a Copa do Mundo.
► Mutilação Genital - A prática, que em muitos países africanos é considerada um rito de iniciação da idade
adulta, consiste na extirpação total ou parcial do clitóris, em geral sem anestesia e em péssimas condições
sanitárias. Em algumas regiões, também se realiza a infibulação, que consiste em juntar os grandes e pequenos
lábios e costurar grande parte do orifício vaginal, deixando apenas uma pequena abertura para a saída do fluxo
menstrual. No primeiro ato sexual, essa sutura é desfeita.Boa parte das mulheres mutiladas sofrem fusão labial,
quistos e dor durante o coito, problemas que costumam ficar sem diagnóstico nem tratamento durante anos

Um comentário:

  1. Maurício B'isppo28 de outubro de 2010 10:16

    Mutilação Genital: é doloroso e draconiano, mas a longo prazo, pode até evitar que a AIDS disperce naquele país já arrasado pela fome e miséria.

    ResponderExcluir